Por que é que foi escolhida esta terminologia?

O termo transformativa foi escolhido especificamente para realçar, no nome da organização, uma das defesas legais essenciais para obras de fã de todos os tipos (incluindo ficção com pessoas reais): são transformações de materiais de fontes originais.

Uma utilização transformativa é aquela que, nas palavras do Supremo Tribunal dos EUA, “adiciona algo de novo, com um propósito adicional ou carácter diferente, alterando a [fonte] com uma nova expressão, um novo significado ou uma nova mensagem.” Uma história pela perspetiva de Voldemort é transformativa, tal como uma história acerca de uma estrela pop que ilustra algo acerca de atitudes atuais em relação à fama ou sexualidade.

Os tribunais também analisaram as alegações baseadas nos “direitos da personalidade” contra obras criativas, utilizando o teste de utilização transformativa da lei de direitos de autor, por isso isto também se aplica a um dos assuntos legais que a ficção com pessoas reais enfrenta. Como um dos nossos objetivos principais é a defesa da existência das obras de fãs, é importante para a organização ter uma defesa no seu nome.