Conselho de Administração

A OTW (Organização para Obras Transformativas) é comandada por fãs e para fãs. Todos os membros do Conselho da OTW são ativos no fandom,assim como são as outras centenas de pessoas que servem nos nossos comitês e trabalham de maneira voluntária.

Conselho de Administração

Kati Eggert trabalha com gerenciamento de projetos, predominantemente em projetos interdepartamentais com foco em TI e Digitalização. Ela se apaixonou por ficção científica e fantasia pouco depois de aprender a ler. Ela participou de fandoms organizados na era das zines impressas e newsletters impressas mensais depois de se deparar com um fã clube de Star Trek na contracapa de um livro. Ela gosta de fazer cosplay e voluntariar em conveções, especialmente em pequenas convenções organizadas por fãs. Embora Kati ainda goste de Star Trek, ela também expandiu seus interesses para vários outros fandoms e gosta de ler meta sobre fandom e obras de fãs. Kati acompanhou o desenvolvimento da OTW desde seu início em 2008. Ela finalmente uniu-se ao comitê de Diretrizes e Abuso em 2015 e depois ao comitê de Tradução (equipe de alemão) em 2019.

Natalia Gruber descobriu sua primeira fanfic por acidente enquanto esperava pelo lançamento do último Harry Potter, e por muito tempo acreditou que aquela história era uma ideia maravilhosa, porém isolada. Felizmente, ela acabou descobrindo que não apenas aquela não era a única história disponível, mas também que o fandom era uma comunidade viva e rica, cheia de pessoas incríveis e mais fics do que ela jamais conseguiria ler. Ela passou anos apenas observando, lendo principalmente obras relacionadas a Harry Potter, até que ela ingressou no fandom de Tolkien. Foi nele que ela começou a publicar suas próprias obras e a fazer amizades com outrxs fãs, e ainda é onde ela se sente mais em casa. Professora de inglês durante o dia, Nat entrou para OTW (Organização para Obras Transformativas) em 2016 como tradutora de português brasileiro. Alguns meses depois, tornou-se parte dos comitês de Diretrizes e Abuso e Organização de Tags, onde teve ótimas experiências e aprendeu muito mais a respeito da OTW e seu trabalho. No final de 2017, decidiu participar como membro da equipe de Tradução, trabalhando para dar suporte e assistência para a equipe de tradução na realização de suas funções, envolvendo-se em mais tarefas administrativas e colaborativas com outros comitês

Lex de Leon atualmente trabalha para o governo dos Estados Unidos como um gerenciador de documentos e conteúdo especialista em tecnologia da informação, com foco específico em importação, migração e retenção de longo prazo de registros. Ele começou a escrever fanfiction para a série Valdemar e desde então acumulou múltiplos fandoms os quais está sempre disposto a discutir. Um shipper assumido de femslash, ele gosta de escrever fanfic que utiliza suas experiências de vida e sua imaginação, e ler qualquer fanfic que chama sua atenção ou tem um relacionamento que ele gosta. Uma visita de sorte ao Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) logo após o recrutamento para o Suporte ser anunciado fez com que se voluntariasse, com a crença de que sua década de experiência em suporte técnico seria útil dentro da OTW (Organização para Obras Transformativas). Ele firmemente acredita na missão da OTW e deseja continuar seu trabalho no futuro. De alguma forma, uma mulher adorável concordou em casar com ele e sempre estar disposta a ouvir suas ideias de obras de fã. Juntos estão criando dois gatos, um cachorro e um pássaro teimoso que não voa.

Rebecca Sentance (Presidente): Rebecca Sentance faz parte do fandom há cerca de quinze anos, desde o Quizilla, onde ela lia histórias escritas em segunda pessoa em fandoms como Yu-Gi-Oh!, Inuyasha, Yu Yu Hakusho e Dragonball Z. Sua primeira obra no fandom, no entanto, foi uma fanfic de Enid Blyton que ela escreveu com cinco anos de idade, muito antes de sequer ter ideia de que existiam comunidades inteiras de pessoas publicando e lendo esse tipo de obra online.

Ela descobriu o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) em 2011 e aos poucos passou a aprender mais tanto sobre a organização por trás dele quanto sobre os muitos outros projetos que ela mantém. A partir daí, Rebecca passou a explorar a história do fandom e o ramo acadêmico que o estuda, bem como a aprender sobre a importância de preservar e defender todos os tipos de obras de fãs. Apesar de seu interesse em participar da OTW (Organização para Obras Transformativas), ela só viu uma chamada aberta para recrutamento em meados de 2015, logo depois de terminar seu mestrado. Estavam procurando integrantes para a equipe de Documentação do AO3: perfeito para alguém que adora tudo que tenha a ver com palavras.

Com o tempo, Rebecca acabou se juntando também às equipes da Transformative Works and Cultures – TWC (Obras e Culturas Acadêmicas) e da Fanlore. Hoje em dia ela dedica uma parcela significativa do seu tempo a ser parte dessa incrível comunidade de fãs. Quando não está fazendo seu trabalho voluntário na OTW, pode-se encontrar Rebecca escondida pelos cantos do fandom da Marvel ou adiando a atualização de suas fics.

Alex Tischer trabalha com emergências e cuidados críticos em veterinária, atualmente no Reino Unido. Faz parte de fandoms desde antes do milênio e migrou por mais fandoms do que temos espaço para listar. É membro da OTW (Organização para Obras Transformativas) desde sua fundação e voluntaria desde então. Além de fandoms de mídia, encontrou-se também no fantástico e estranho mundo dos esportes, um nicho que tem muitas semelhanças surpreendentes com fandoms. Quando não está cuidando de animais doentes, Alex ocupa seu tempo com pistas de obstáculos, escalada e corrida em trilhas com a mesma frequência em que consome mídia.

Jess White é uma consumidora ávida de tudo relacionado a fandoms, desde que descobriu as zines de Kirk/Spock que sua tia adquiriu no início dos anos 1990. Ela então avançou para o rabisco de fanfics em cadernos usando canetas brilhantes, eventualmente criando conteúdo em quadros de mensagens, fóruns para fandoms específicos, Livejournal e, eventualmente, o AO3. Jess voluntaria na OTW há seis anos, principalmente no comitê de Diretrizes e Abuso. Ela também trabalhou por um tempo no Suporte (cerca de dois anos) e atualmente é voluntária na Fanlore como membro da equipe de Diretrizes e Administração. Fora do mundo de fandom, Jess é professora há quinze anos.

Kirsten Wright (Secretária): membro da equipe de Comunicações da Organization for Transformative Works – OTW (Organização para Obras Transformativas), Kirsten primeiro se juntou em 2014 por recomendação de uma antiga professora. Atualmente modera a página do Facebook da OTW, bem como as contas no LiveJournal e no Dreamwidth. Ela é a antiga moderadora da conta da OTW no Twitter, e das contas da Fanlore no Twitter e no Tumblr. Kristen primeiro encontrou fandom organizado quando uma jovem adolescente, e nunca voltou atrás. Em vários pontos, fandom serviu como professor e amigo, e foi como ela descobriu sua carreira em campanhas políticas nos Estados Unidos. Ela é uma notória saltadora de fandom, mas escreveu mais para The Social Network. Seu gênero favorito de fic é “slice of life”. Ela definitivamente abriu mais de uma fic de 200 mil palavras depois da meia noite durante a semana de trabalho.

Cargos não-eletivos

Yuechiang Luo (Tesoureira)

Leia mais a respeito de membros eméritos do Conselho aqui.

Leia a respeito dos nossos comitês atuais aqui.