10 anos de AO3

10 anos de AO3: Matty

O post de hoje na série comemorativa dos 10 anos do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) foi escrito pela Matty, que é voluntária do AO3 desde o seu lançamento. Na história dela você aprenderá sobre as muitas equipes das quais ela fez parte desde que se tornou voluntária 10 anos atrás. Houve muitos dias longos de trabalho, especialmente para as pessoas estão com a OTW (Organização para Obras Transformativas) desde os primeiros dias e temos imensa gratidão por Matty e por todas as outras pessoas que deram seu tempo para nos ajudar a tornar o AO3 em realidade.

Eu me juntei à OTW como parte da equipe de Organização de Tags em 2009. Eu vinha acompanhando o desenvolvimento da OTW e do AO3 desde o início e fiquei super feliz de finalmente poder contribuir de maneira concreta.

Organizar tags naquela época era ao mesmo tempo empolgante e assustador! Apertar um botão errado podia causar uma grande bagunça. Membros antigos do comitê talvez se lembrem das buscas frenéticas quando perdíamos a tag Justin Timberlake o tempo todo, o horror de compartilhar uma única planilha que organizava todos os fandoms do AO3 e todas as pessoas que trabalhavam com eles (e também a gritaria quando alguém reorganizava a planilha enquanto outra pessoa estava tentando digitar), ou as muitas e longas discussões que aconteciam em nossas listas de email enquanto tentávamos estabelecer nossas diretrizes.

Depois de Organização de Tags, entrei para o comitê de Suporte, antes de escorregar para o comitê de Diretrizes e Abuso. É engraçado comparar o quanto as coisas mudaram desde aquela época. Durante os primeiros anos, Diretrizes e Abuso recebia menos de 50 denúncias por ano. Hoje em dia chegamos a receber 50 solicitações em uma hora, ou ainda mais! Os tipos de denúncia que recebemos também mudou. No começo, a maioria das denúncias era de plágio. Agora vemos mais denúncias sobre postagens que não são obras de fã (como anúncios para role-play, buscas por fics, etc). O comitê também cresceu bastante; quando eu cheguei, tínhamos cerca de 3 ou 4 membros ativos, e agora somos mais de 40 pessoas! Apesar de o trabalho ser cansativo às vezes, também tem sido imensamente gratificante.

Eu me orgulho imensamente da OTW e de sua equipe voluntária por tornar nossos projetos tão bem sucedidos. Apesar de algumas dificuldades iniciais ao longo do anos, construímos algo incrível do qual cada pessoa que ajudou deveria se orgulhar!


A OTW é uma organização sem fins lucrativos responsável por vários projetos, incluindo AO3, Fanlore, Portas Abertas, TWC e Ativismo Jurídico. Somos uma organização administrada por fãs, mantida por doações e com uma equipe inteiramente voluntária. Para mais informações sobre nós, visite o site da OTW. Saiba mais sobre a nossa equipe de Tradução, que traduziu esse post, na página do comitê de Tradução.

Image of a ballot

Estatísticas da Eleição da OTW de 2019

Agora que a Eleição de 2019 se encerrou e os resultados são definitivos, gostaríamos de divulgar as estatísticas referentes à participação do eleitorado!

Na Eleição de 2019, tínhamos um total de 9939 membros aptos a votar. Desse total, 2234 votaram, representando 22,5% do possível eleitorado. Estamos felizes em anunciar que a participação este ano foi maior que a do ano passado, em que 14,6% dos membros votaram.
Também observamos um aumento no número total de votos, de 827 para 2234, representando um aumento de 270%, o maior percentual que já tivemos! Leia Mais

AO3 vence o prêmio Hugo 2019 de Melhor Obra Relacionada

A OTW (Organização para Obras Transformativas) tem o prazer de anunciar que o Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) venceu o prêmio Hugo de 2019 na categoria de Melhor Obra Relacionada! Está é a primeira vez que um projeto da OTW vence — ou é finalista em — um prêmio Hugo!

O prêmio for recebido em 18 de agosto de 2019, durante a 77a. convenção mundial de ficção científica Dublin 2019: an Irish Worldcon. Você pode checar os resultados de todas as categorias em detalhes no site da Worldcon.

Naomi Novik, uma das fundadoras do AO3, fez um discurso ao aceitar o prêmio ao lado de integrantes da equipe OTW. Nesse discurso, ela agradeceu à comunidade AO3:

Todas as obras criadas por fãs — fanfics, vids, fanarts, podfics — têm como fundamento a ideia de que arte acontece não de forma isolada, mas comunitária. E isso também é verdade quando falamos do próprio AO3. Nós estamos no palco recebendo esse prêmio, mas fazemos isso em nome de, literalmente, milhares de pessoas que voluntariaram para o site e os milhões que o utilizam. Todas essas pessoas se juntaram para construir esse espaço para o fandom: um espaço comunitário, sem fins comerciais ou lucrativos, construído inteiramente com o serviço voluntário e as doações de fãs, fundado no princípio de que precisamos ter um lugar que seja nosso, com objetivo de proteger quem utiliza o site, e não de explorar.

Mesmo se eu listasse o nome de cada membro da nossa equipe — cada fundadora, cada programadora, cada integrante incansável da equipe de Suporte, cada pessoa que organiza tags ou que traduz — e mesmo se eu listasse o nome de cada pessoa que doou para nós ao longo dos anos, todas essas contribuições não iriam significar nada sem as obras que fãs compartilham livremente no site, e fãs que lêem essas histórias, admiram as artes, comentam, favoritam e deixam kudos, fazendo sua parte para encorajar e nutrir a comunidade.

Esse prêmio Hugo se juntará à exibição itinerante que viaja para cada Worldcon, porque ele pertence a todxs nós. Gostaria de pedir que as luzes se acendam e que todo mundo aqui presente que se sente parte da nossa comunidade se levante e divida esse momento conosco.

Ver a quantidade de pessoas que se levantaram para representar o AO3 e aceitar o nosso prêmio Hugo conosco nos deu muito orgulho e alegria. E esse prêmio pertence a você também! A base fundamental do AO3 é o amor e o trabalho de todo mundo que usa o site e nós da OTW ficamos super felizes em compartilhar esse prêmio com vocês. De toda a nossa equipe: muito obrigada!