Em memória do Yahoo! Groups

Atribuição da Imagem: The Fire of Alexandria (O Fogo de Alexandria), xilogravura de Hermann Göll, 1876, composição da Equipa do Projeto Yahoo-Geddon

Hoje, depois de 20 anos de serviço às comunidades de fãs e restantes comunidades da Internet, o Yahoo! Groups foi encerrado. A decisão foi anunciada pela Verizon este ano a 14 de outubro.

O Yahoo! Groups era uma combinação de fórum de discussão e lista de correio lançada em 1999 que rapidamente se tornou um foco para atividades de fãs. O Yahoo! Groups e outros serviços semelhantes permitiram à comunidade de fãs customizar e controlar as suas experiências na fandom de uma forma até aí sem precedentes, e com Grupos de fãs de diferentes géneros, fandoms, ships, e personagens individuais.

Apesar de ter sido imensamente popular no seu auge nos anos 2000, com o passar do tempo o Yahoo! Groups começou a perder pessoas utilizadoras. A Yahoo começou a reduzir os esforços de manutenção, e muitas funcionalidades foram perdidas. Mais notavelmente, talvez te recordes do anúncio da Verizon de 16 de outubro de 2019 que comunicou que todas as mensagens e ficheiros arquivados dos Yahoo! Groups seriam apagados a 14 de dezembro de 2019, e que o Yahoo! Groups ia continuar a existir apenas como lista de correio, sem manter registos de mensagens ou ficheiros publicados nas listas.

Com tão pouco tempo para salvar quase 20 anos de publicações, imagens e outros conteúdos insubstituíveis, a comunidade de fãs, preservadores e moderadores rapidamente se organizou e pôs mãos à obra. A Archive Team (Equipa de Arquivo) tomou a liderança dos esforços de preservação para o Internet Archive (Arquivo da Internet), com várias pessoas voluntárias a desenvolverem programas capazes de guardar os conteúdos, e outras a juntarem-se a grupos aos milhares, para que os seus conteúdos fossem guardados. Em paralelo, a comunidade de fandom rapidamente criou o projeto Yahoo-Geddon e, com a ajuda de 200 pessoas voluntárias, focou-se em arquivar grupos de fandom recorrendo a ferramentas desenvolvidas pela Archive Team e PF Offline, comunicando através de um Discord centralizado e Tumblr. Com a ajuda de outros grupos de preservação como o Yahoo Groups Crusade, a comunidade espalhou a informação, falou com jornalistas e pediu pessoas voluntárias para ajudar a Archive Team e o grupo do Yahoo-Geddon nos esforços de preservação. Entretanto, o comité Open Doors (Portas Abertas) da OTW (Organização para Obras Transformativas) criou o Yahoo Groups Rescue Project para espalhar a palavra e ajudar as pessoas moderadoras que precisavam de ajuda a arquivar os seus grupos no Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo) e escreveu uma Carta Aberta à Verizon a pedir que a purga de conteúdos fosse adiada.

A velocidade e números por detrás da organização da comunidade de fandom teve um benefício secundário: a comunidade foi capaz de focar os esforços da Archive Team na preservação dos grupos públicos de fandom do Yahoo de uma maneira que muitas outras comunidades eram capazes, garantindo uma maior representação para a comunidade. Por sua vez, as pessoas voluntárias do Yahoo-Geddon apoiaram os esforços gerais de preservação da Archive Team, ajudando-os a salvar grupos de culinária, de genealogia, de língua não-inglesa e muitos outros.

Estes esforços não foram inteiramente em vão: a Verizon alargou o prazo para 31 de janeiro de 2020; a Archive Team conseguiu preservar mais de 1 milhão de grupos; a equipa do Yahoo-Geddon salvou cerca de 300.000 grupos de fandom; e mais centenas ou milhares foram salvos por pessoas utilizadoras ou moderadoras a quem o alerta para a purga chegou através do esforço coletivo de divulgação. Muitos destes grupos vão trazer o seu conteúdo de fãs para o AO3 como projetos Open Doors (Portas Abertas). No entanto, estes esforços pecam em comparação com a estimativa de mais de 10 milhões de grupos que foram perdidos – o equivalente aos estimados 90% de filmes feitos antes de 1929 que estão perdidos para sempre porque ninguém achou que valiam a pena preservar.

A preservação digital requer tempo e dinheiro, e as grandes empresas que hoje em dia alojam grande parte dos nossos dados não os valorizam o suficiente para investirem na preservação. No entanto, isto é história — a nossa história — e nós vamos lutar para impedir que desapareça sem deixar rasto. Esperamos que te juntes a nós.


A OTW é a organização-mãe sem fins lucrativos de vários projetos, incluindo AO3, Fanlore, Open Doors, TWC e Assistência Legal da OTW. Somos uma organização dirigida por fãs, gerida por pessoas voluntárias e apoiada inteiramente por donativos. Podes ficar a saber mais acerca de nós no website da OTW. Para aprenderes mais acerca da nossa equipa voluntária de tradução que traduziu este artigo, consulta a página de Tradução.

Finanças da OTW: Atualização ao Orçamento de 2020

Ao longo de 2020, a equipa de Finanças da OTW (Organização para Obras Transformativas) tem continuado a rever as transações financeiras da organização de forma a garantir a sua integridade e exatidão. Tarefas adicionais incluem o pagamento de contas, completar a auditoria financeira de 2019 e assegurar que os procedimentos contabilísticos padrão foram seguidos.

Entretanto, a equipa também tem estado a trabalhar afincadamente na atualização ao orçamento de 2020, apresentado com orgulho aqui! (acede à folha de cálculo do orçamento de 2020 para informações mais detalhadas): Ler mais