10 anos de AO3

10 anos de AO3: Matty

O post de hoje na série comemorativa dos 10 anos do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) foi escrito pela Matty, que é voluntária do AO3 desde o seu lançamento. Na história dela você aprenderá sobre as muitas equipes das quais ela fez parte desde que se tornou voluntária 10 anos atrás. Houve muitos dias longos de trabalho, especialmente para as pessoas estão com a OTW (Organização para Obras Transformativas) desde os primeiros dias e temos imensa gratidão por Matty e por todas as outras pessoas que deram seu tempo para nos ajudar a tornar o AO3 em realidade.

Eu me juntei à OTW como parte da equipe de Organização de Tags em 2009. Eu vinha acompanhando o desenvolvimento da OTW e do AO3 desde o início e fiquei super feliz de finalmente poder contribuir de maneira concreta.

Organizar tags naquela época era ao mesmo tempo empolgante e assustador! Apertar um botão errado podia causar uma grande bagunça. Membros antigos do comitê talvez se lembrem das buscas frenéticas quando perdíamos a tag Justin Timberlake o tempo todo, o horror de compartilhar uma única planilha que organizava todos os fandoms do AO3 e todas as pessoas que trabalhavam com eles (e também a gritaria quando alguém reorganizava a planilha enquanto outra pessoa estava tentando digitar), ou as muitas e longas discussões que aconteciam em nossas listas de email enquanto tentávamos estabelecer nossas diretrizes.

Depois de Organização de Tags, entrei para o comitê de Suporte, antes de escorregar para o comitê de Diretrizes e Abuso. É engraçado comparar o quanto as coisas mudaram desde aquela época. Durante os primeiros anos, Diretrizes e Abuso recebia menos de 50 denúncias por ano. Hoje em dia chegamos a receber 50 solicitações em uma hora, ou ainda mais! Os tipos de denúncia que recebemos também mudou. No começo, a maioria das denúncias era de plágio. Agora vemos mais denúncias sobre postagens que não são obras de fã (como anúncios para role-play, buscas por fics, etc). O comitê também cresceu bastante; quando eu cheguei, tínhamos cerca de 3 ou 4 membros ativos, e agora somos mais de 40 pessoas! Apesar de o trabalho ser cansativo às vezes, também tem sido imensamente gratificante.

Eu me orgulho imensamente da OTW e de sua equipe voluntária por tornar nossos projetos tão bem sucedidos. Apesar de algumas dificuldades iniciais ao longo do anos, construímos algo incrível do qual cada pessoa que ajudou deveria se orgulhar!


A OTW é uma organização sem fins lucrativos responsável por vários projetos, incluindo AO3, Fanlore, Portas Abertas, TWC e Ativismo Jurídico. Somos uma organização administrada por fãs, mantida por doações e com uma equipe inteiramente voluntária. Para mais informações sobre nós, visite o site da OTW. Saiba mais sobre a nossa equipe de Tradução, que traduziu esse post, na página do comitê de Tradução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *