10 anos de AO3

10 anos de AO3: Francesca Coppa

Começamos a nossa série comemorando os 10 anos do Archive of Our Own – AO3 (Nosso Próprio Arquivo) com um post por Francesca Coppa. Francesca é uma das fundadoras da OTW (Organização para Obras Transformativas) e a diretora que mais tempo passou no Conselho de Administração da organização, ficando no cargo por cinco anos. E ela continua a ser voluntária da OTW até hoje.

Francesca ficou muito entusiasmada com a oportunidade de participar dessa série! Aqui está sua contribuição:

Eu passei grande parte da minha vida em ambientes acadêmicos e a OTW foi, sem dúvida alguma, a melhor das escolas. É como dizem, “tudo o que eu realmente precisava saber na vida eu aprendi na OTW!”. Eu tenho recordações muito boas do nosso começo, no verão de 2007, depois da idéia inicial para a criação do AO3. As reuniões duravam horas! A Naomi Novik e a Michele Tepper estavam avaliando ferramentas tecnológicas e planejando como seria a experiência das pessoas ao usarem o site. A Rebecca Tushnet e a Susan Gibel estavam cuidando da burocracia para sermos uma ONG e criando as estruturas institucionais para reger a nossa existência. (Eu acho que a Susan é uma heroína dos bastidores do início da OTW.)

Enquanto isso, eu estava organizando as pessoas que haviam se oferecido para ajudar em comitês. A gente pediu para quem queria tomar parte na nossa equipe voluntária para listar seus interesses e habilidades. O resultado foi incrível e super emocionante: tinha gente do Direito, desenvolvimento de software, relações públicas, análise de banco de dados, arrecadação de fundos, administração de sistemas, jornalismo, gerenciamento, contabilidade, escrita técnica; tanta talento e de tipos tão diversos! E tudo isso oferecido de graça, por amor ao projeto.

Foi isso que me marcou e no que eu mais penso hoje nesse momento: que o que caracteriza a OTW e o AO3 é o coletivo, as relações do fandom como um todo, com seus vínculos fortes (“Eu morreria por vocês!”) e também mais casuais (“Nós estávamos no mesmo fandom um tempo atrás!”), além dos vínculos que nascem simplesmente de uma identidade compartilhada (“Você uma vez gostou de alguma coisa da mesma forma que eu gosto!”), que fazem com que nós nos reconheçamos mutuamente ao ver uma camiseta, um adesivo ou uma página aberta em um navegador. Todxs nós trabalhando para um objetivo comum. Nós somos o que era para a internet ser: uma rede de pessoas se unindo para construir algo e garantir sua continuidade.


A OTW é uma organização sem fins lucrativos responsável por vários projetos, incluindo AO3, Fanlore, Portas Abertas, TWC e Ativismo Jurídico. Somos uma organização administrada por fãs, mantida por doações e com uma equipe inteiramente voluntária. Para mais informações sobre nós, visite o site da OTW. Saiba mais sobre a nossa equipe de Tradução, que traduziu esse post, na página do comitê de Tradução.