Pessoas Diretoras Eméritas

Nota: estas biografias correspondem às versões mais atualizadas que estavam disponíveis no final do serviço das pessoas diretoras.

Rachel Barenblat (2009-2011) A Rabi Rachel Barenblat é co-fundadora da Inkberry, uma organização sem fins lucrativos das artes literárias cuja missão era ajudar escritoras e escritores a encontrarem a sua voz. Serviu também na direção de duas outras organizações sem fins lucrativos. Durante os seis anos que dirigiu a Inkberry, ganhou experiência em gestão de organizações sem fins lucrativos, pedidos de auxílio financeiro e recrutamento de membros. Uma poeta que escreve artigos de blog acerca de problemas de fé como “The Velveteen Rabbi”, bem como uma participante entusiástica nas fandoms online desde 1999, Barenblat tem um longo compromisso com obras transformativas e com a escrita como modo de transformação pessoal. É casada com Ethan Zuckerman, chefe do Center for Civic Media no MIT, e participa atualmente numa pequena congregação no oeste de Massachusetts. Durante os seus anos na Direção da OTW (Organização para Obras Transformativas), viu bastante West Wing e LOST.

Julia Beck (2011-2013) Julia Beck estuda média e comunicação na Universidade de Halle-Wittenberg (Alemanha) e trabalha como supervisora de comunicações e qualidade no apoio ao cliente. Uma nerd de fantasia desde a sua infância, a sua iniciação à fandom organizada começou com Zetsuai: Bronze e fandoms alemãs de yaoi, a partir das quais ela passou para fandoms de carácter internacional. Identifica-se como uma jogadora ávida, principalmente de Western e JRPG, mas é mais uma fã de fandom em geral do que de uma fonte em particular.

KellyAnn Bessa (2007-2009) KellyAnn Bessa tem um bacharelato em gestão da Universidade Cardinal Stritch, e trabalha atualmente como uma consultora de recursos humanos de uma empresa de investimento. Tem estado envolvida em fandoms durante quase dez anos como escritora, dona de uma mailing list, moderadora de comunidades e webmaster. Além de dirigir vários arquivos, ela aloja e mantém websites para muitas pessoas que escrevem ficção de fãs. Uma das suas primeiras paixonetas de infância foi o Batman, e ela ainda trabalha várias horas por semana na sua loja local de banda desenhada e participa na comunidade feminista online de fãs de banda desenhada.

Maia Bobrowicz (2013) Maia é uma analista de negócios e gestora de projeto no ramo de desenvolvimento de software de uma companhia internacional, e tem dificuldades em manter-se afastada da escola. Tem um BSc (bacharelato de ciências) em química, metalurgia e filosofia, um bacharelato em jornalismo, e está a terminar um MBA (mestrado em administração e negócios) em regime noturno. Maia envolveu-se na fandom online em 2001 e passou lentamente de leitora para organizadora e depois para voluntária. Tendo entrado na OTW como voluntária em 2008, Maia já foi líder do comité de Acessibilidade, Design e Tecnologia e ajudou a lançar o beta aberto do Archive of Our Own – AO3 (O Nosso Próprio Arquivo). Como parte da sua filosofia de devolver à comunidade, Maia esteve no comité da Swancon (uma convenção de ficção científica anual na Austrália Ocidental) em 2009 como coordenadora do programa. Maia defendeu a ideia de ter um programa favorável a mulheres e família, e conseguiu com que 49% dos panelistas e apresentadores fossem mulheres. Maia é co-gerente de um painel de discussão anual denominado Safe Spaces, que se dedica a explorar formas de tornar convenções num local agradável e (mais) seguro para todos os participantes.

Matty Bowers (2015-2018) deparou-se pela primeira vez com fandoms em maio de 1998; porém, não se envolveu realmente até 2001. As suas primeiras fandoms foram Highlander e Buffy, mas rapidamente entrou para outras fandoms. Hoje em dia, é uma grande fã de fandom; ela lê quase todas as obras de tamanho épico de qualquer fandom! Matty esteve maioritariamente escondida nos últimos anos, mas acabou por começar a contribuir para projetos de fãs, como newsletters e comunidades de recomendações. Quando ouviu boatos da criação de um local cujos servidores seriam propriedade da fandom, ficou fascinada e intrigada e juntou-se à OTW como organizadora de tags, aquando da angariação de membros de 2009. Desde aí, tem trabalhado nos comités de Suporte, de Documentação do AO3 e de Abuso. Matty tem uma licenciatura em Educação e dedicou-se ao ensino durante mais de uma década até mudar para um emprego no campo tecnológico. Atualmente, trabalha como gerente numa empresa local e, nos tempos livres, trabalha como suporte técnico para as suas pessoas amigas e família.

Hele Braunstein (2011) Hele Braunstein é uma estudante na Universidade de Buenos Aires, onde estuda ciências biológicas e tem trabalhado em pesquisa ambiental. Uma fã latino-americana, falante nativa de espanhol, Braunstein está ativa em diversas plataformas online e culturas de fãs. Uma defensora da acessibilidade internacional e panfandom, ela foca-se em fãs que não falam inglês ou que usam inglês como língua franca nas fandoms. Tem sido mentora de outros fãs em termos de capacidades básicas de escrita e participante como parte da equipa moderadora de um website. Braunstein trabalha como voluntária a vários níveis em Perfect Imagination, no Jane Austen Fanfiction Index, e na Regency Enciclopedia. Como fã, tem vários gostos, que atualmente — e não exclusivamente — incluem as fandoms de Jane Austen, Harry Potter, X-Files, Naruto, Hikaru no Go, Monster, Iron Man, e The Breakfast Club.

Aline Carrão (2015-2017) trabalhou na defesa do consumidor e em direito civil e atualmente retomou a sua educação para trabalhar como funcionária pública. Aline descobriu as fandoms quando Harry Potter estava a apoderar-se do mundo e nunca partiu. Juntou-se à OTW em 2013 como organizadora de tags e, com o tempo, foi-se envolvendo noutras partes da organização; agora, é membro das equipas de Suporte e de Tradução. Na equipa de Suporte, tratou de preocupações, questões e feedback das pessoas utilizadoras; na equipa de Tradução, gere mais de 150 pessoas voluntárias e completou projetos com prazos rígidos num ambiente de comunicação produtiva e constante entre os membros da equipa.

Francesca Coppa, PhD (2007-2012) Francesca Coppa é realizadora de estudos cinematográficos e professora de inglês no Muhlenberg College, onde leciona cursos sobre literatura dramática, ficção popular e narrativa por meios de comunicação em massa. Os seus artigos sobre fandoms dos média já apareceram em Fan Fiction and Fan Communities in the Age of the Internet
e foram apresentados na conferência Media in Transition do MIT. Coppa tem participado em convenções e comprado zines desde o início dos anos 80, quando ela e as suas amigas escreviam ficção de fãs à mão e enviavam-na por correio. Tem estado envolvida na fandom online desde os meados dos anos 90 como escritora, administradora de listas, vidder, arquivista e moderadora de comunidades.

Cathy Cupitt, DCA (2007-2008) Cathy Cupitt ensina escrita e Shakespeare na Universidade da Austrália Ocidental e tem um doutoramento em artes criativas da Universidade Curtin de Tecnologia. A sua ficção já apareceu em revistas australianas como Westerly e Borderlands, e em 1997 ganhou o primeiro prémio de 20.000$ no Concurso Mundial de Ensaios do 20º Aniversário da Hyundai. Desde que descobriu fandoms em 1988, Cupitt já escreveu para nove fandoms e dirige um site de recomendações ativo. Fez parte de vários comités de fãs, incluindo o da convenção nacional de ficção científica da Austrália de 2001, da qual foi co-coordenadora.

Franzeska Dickson (2012-2014) Franzeska Dickson
faz trabalho de back office em finanças. Uma geek desde sempre, foi introduzida à ficção de fãs por alt.tv.x-files aos 13 anos e tem estado dentro da fandom de obras de fãs desde então, primeiro como leitora, depois como escritora e beta e agora como vidder. Os seus locais e eventos favoritos são os que englobam todas as fandoms, incluindo a sua própria troca rara de fandoms asiáticas. Participou anteriormente nos comités de Conteúdo, Abuso, Webmasters e Organização de Tags, e também esteve em várias outras posições como voluntária na OTW.

Eylul Dogruel (2012-2015) Eylul Dogruel é uma artista e candidata a um MFA (mestrado em belas artes) na Universidade de Marmara, Istambul. Tem um historial eclético que combina ciências informáticas e arte. Possui uma vasta gama de conhecimento e interesses, que incluem novos média, ficção científica, apoio ao cliente, tecnologias web e utilidade. Eylul é uma fã de longa data e tem passado por várias fandoms de média e jogos. É uma leitora de ficção de fãs, apreciadora de fanart, roleplayer de MMO e, ocasionalmente, escritora de meta. As suas fandoms atuais incluem Warcraft, Doctor Who e The Longest Journey/Dreamfall.

Anna Genoese (2014) Anna Genoese considera-se fã para a vida e é uma pessoa editora/autora profissional que trabalha atualmente a tempo inteiro para uma organização internacional sem fins lucrativos centrada no desenvolvimento jovem. Enquanto trabalhou em edição profissional, Anna publicou a ficção original de várias pessoas escritoras de ficção de fãs. Sob um pseudónimo, Anna escreveu ficção de fãs e realizou podfics em várias fandoms e estas suas obras podem ser encontradas no AO3. Anna trabalhou com o Comité de Planeamento Estratégico da OTW desde janeiro de 2012 até dezembro de 2013 e foi líder do comité desde agosto de 2012 até dezembro de 2013. Anna é também uma pessoa organizadora de tags voluntária.

Susan Gibel, JD (2007-2009) Susan Gibel é uma gerente sénior no Center for Effective Public Policy, Inc, uma organização sem fins lucrativos fundada para ajudar outras agências a desenvolver e implementar uma política pública sólida. O seu trabalho é focado em iniciativas de treino nacional e assistência técnica relacionadas com violência doméstica e readmissão de ofensores. Já trabalhou com organizações contra a violência em assuntos de violência doméstica e direitos dos homossexuais e tem um diploma em direito da Universidade do Minnesota. Gibel tem estado envolvida em fandoms desde meados dos anos 70, começando com Star Trek. Escreve para umas quantas fandoms, nomeadamente Due South, e fundou a troca anual de histórias do Pai Natal Seekrito de Due South.

Ira Gladkova (2010-2013) Ira Gladkova trabalha em design e desenvolvimento Web, com foco em interfaces de utilizador, usabilidade, acessibilidade e padrões Web. Fã de longa data e de todos os meios, tem particular interesse em projetos de fãs que juntam diversas comunidades e mídia. É uma pessoa envolvida na moderação de comunidades e em duas newsletters anuais de fandoms e o seu trabalho em trocas anuais entre várias fandoms envolve co-moderação, design e programação front-end de formulários de inscrição, e definição de normas que usam linguagem inclusiva e acolhem a diversidade nos média, kinks e preferências de género. Gladkova tem criado histórias, arte, banda desenhada e gráficos para mais de cinquenta fandoms, é uma pessoa ativa como reccer e beta e espera conseguir acabar os seus primeiros fan videos brevemente. Tem uma tendência infeliz para se apaixonar por personagens em segundo plano.

Soledad Griffin (2014-2015) Soledad Griffin é atualmente uma estudante avançada de letras na Universidade Nacional de La Plata na Argentina. Está agora a trabalhar para um plano educational do governo para a juventude argentina chamado Jóvenes y Memoria, após um extenso período de voluntariado. Tem estado em fandoms durante mais de metade da sua vida, tendo começado na fandom de anime de falantes espanhóis nos finais dos anos 90 e mais tarde participado numa grande variedade de fandoms.

Atiya Hakeem (2015-2018) obteve a licenciatura em biologia pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) e foi para a Universidade do Havai tirar um doutoramento em Ciências Biomédicas. Depois de trabalhar muitos anos no Caltech como neurobiologista a estudar autismo e cognição social, recentemente regressou ao Havai e agora trabalha com porcos-da-terra como voluntária no zoo de Honolulu. Sempre utilizou as fandoms como um meio de fuga e criatividade, com interesses que incluem Star Trek, basebol, a era da navegação à vela, Hawai Força Especial e anime, culminando na sua participação como membro da equipa da Anime Expo e da Anime Expo de Nova Iorque. Juntou-se à OTW como voluntária em 2012 na equipa de Suporte e, desde então, respondeu a cerca de 5.000 perguntas de pessoas utilizadoras. Motivada pelo desejo de se involver diretamente na manutenção do AO3, juntou-se ao comité de Acessibilidade, Design e Tecnologia (o comité de programação e design do AO3) como voluntária da equipa de testes e agora está à frente do subcomité de Testes e Garantia de Qualidade. Também fez parte dos grupos de trabalho de Reestruturação de Categorias e de Inquérito.

Katarina Harju (2015-2017) é uma finlandesa falante de sueco e está a tirar um curso em Tecnologias da Informação. Antes disso, trabalhou em contabilidade durante muitos anos. Foi pesquisar acerca de fandom em 2000, depois de ler sobre isso numa revista (e estará eternamente grata por ter pegado nessa revista num momento de tédio). Criou obras de fã para várias fandoms, muitas das quais podem ser encontradas na sua página de pessoa utilizadora do AO3. Pelo caminho, apaixonou-se por podfics e atualmente ainda escreve fanfics, grava podfics e chega mesmo a produzir trabalhos manuais sobre fandom de tempos em tempos, mas não tão regularmente como gostaria. Katarina seguiu o trabalho da OTW de perto desde o início, envolvendo-se em 2013 como parte do comité de Tradução, onde atualmente trabalha como tradutora e membro da equipa. Em 2014, trabalhou algum tempo como organizadora de tags e atualmente também faz parte do comité de Abuso do AO3.

Andrea Horbinski (2012-2015) Andrea Horbinski é uma candidata a doutoramento em história moderna japonesa com um grande ênfase nos novos média na Universidade da Califórnia, Berkeley. Para além da Direção da OTW, ela também participa no conselho consultivo e como Secretária da Direção da Ada Initiative, que se dedica ao aumento da participação das mulheres em tecnologias abertas e cultura. Foi anteriormente uma bolseira da Fullbright no Japão, estudando manga hipernacionalista em Quioto, assim como um dos membros fundadores do comité da OTW Internacionalização e Expansão em 2010. Juntou-se a fandoms online em 1999 após ter escrito o discurso de graduação da sua escola de ensino médio sobre o seu amor por Star Wars e cedo se envolveu em fandoms de anime e manga como uma editora de AMV e depois como tradutora. Já discutiu fandoms, anime, manga e história e folclore do Japão em convenções e conferências nos cinco continentes, incluindo Otakon, Sirens, WisCon, AnimeExpo e HASTAC, e os seus artigos e análises já apareceram no volume 6 de The WisCon Chronicles, em Mechademia e em Transformative Works and Cultures.

Sheila Lane (2009-2011) Sheila Lane tem um mestrado em gestão de negócios e é uma contabilista pública certificada. Trabalha como contabilista de empresa para uma agência corretora mundial e é perita em fiscalidade tanto individual como para pequenas empresas. Lave trabalhou anteriormente para o Senado dos EUA, como agente de ligação entre os constituintes e agências governamentais, particularmente a Administração de Segurança Social e o IRS. Escreve artigos no LiveJournal acerca de assuntos de dinheiro, sob o nome “sheila_cpa.” Lane tem estado envolvida na fandom online desde 1994, passando de um BBS de telnet e revistas para mailing lists e LiveJournal. Já escreveu para mais de trinta fandoms, desde Alias até Witchblade, trabalha frequentemente como beta e foi moderadora de várias mailing lists, comunidades e desafios.

Margaret J. MacRae (2014-2015) MJ MacRae tirou um curso de história no Smith College. Depois da universidade, MJ passou três anos como administradora geral de um pequeno teatro comunitário sem fins lucrativos. Quando chegou a altura de seguir com a sua vida, decidiu tornar-se advogada porque ninguém estava a contratar cavaleiros andantes. Estudou na Escola de Direito Lewis and Clark, onde foi editora do Environmental Law Journal. MJ pretendia voltar à gestão sem fins lucrativos, mas as salas de tribunal seduziram-na e agora ela passa os seus dias vestida de fato (não uma armadura, infelizmente). Desde que aprendeu a ler que consome livros a uma velocidade surpreendente, e descobriu as fandoms online ainda adolescente quando estava demasiado impaciente para esperar pelo próximo livro de Tamora Pierce. As suas fandoms atuais incluem MCU, Arrow, Star Trek e GoT.

Cat Meier (2012-2015) Cat Meier estudou relações internacionais na Universidade Americana e tem desde então trabalhado numa variedade de áreas totalmente não relacionadas, incluindo administração financeira, marketing e angariação política. Foi co-líder do Comité de Finanças da OTW, onde esteve desde o seu início. Uma leitora vitalícia de ficção científica e fantasia, tem sido um membro de fandoms online desde 1999 como leitora, recomendadora, revisora e escritora de meta em fandoms que vão desde filmes históricos até bandas desenhadas de super heróis. De 2005 até 2011, foi uma das compiladoras da famosa newsletter de fandoms Metafandom.

Allison Morris (2010-2011) Allison Morris tem um BA (bacharelato de artes) em literatura japonesa pela Universidade de Michigan e trabalha atualmente numa biblioteca pública como supervisora dos serviços públicos. Uma fã de longa data, Morris interessa-se particularmente por obras de fãs que honram as obras de outras fãs e que transformam outras obras, incluindo remixes, podfics, recomendações e outras artes de fãs. É uma criadora prolífica e defensora de podfic; construiu e gere o arquivo Audiofic, fornecendo um lar estável e permanente para uma coleção em constante crescimento de podfic, e já conduziu vários workshops sobre podfic. Para além do arquivo Audiofic, Morris aloja e mantém websites para muitos outros fãs, é moderadora de várias comunidades e desafios ativos e participa em convenções e conferências relacionadas com fandoms sempre que pode.

Kristen Murphy (2010-2013) Kristen Murphy faz parte da equipa do Individualized Major Program na Universidade de Indiana e está a tirar um mestrado em educação superior e apoio a estudantes. Co-organizou a primeira conferência nos EUA sobre programas principais individualizados, que se tornou um evento anual. Trabalhou numa equipa profissional de desenvolvimento web e como escritora e editora para médias de imprensa e online. Murphy juntou-se a fandoms online em 1996, começando com Quantum Leap e Mighty Morphin Power Rangers e espalhando-se para várias fandoms de ficção científica e fantasia. É uma escritora ávida, leitora beta e podficcer.

Naomi Novik (2007-2010, 2012) Naomi Novik é a autora bestseller do New York Times e da série de fantasia histórica vencedora de um prémio Temeraire, que já foi traduzida para 23 línguas e escolhida para um filme pelo realizador Peter Jackson. Trabalhou anteriormente no jogo de computador de sucesso Neverwinter Nights: Shadows of Undrentide e ajudou a iniciar os Juno Online Services. Novik tem estado ativa em fandoms online desde 1994, publicando histórias e vids em mais de 50 fandoms e fundando várias instituições dirigidas por fãs: um jogo online de role-playing com vários utilizadores que começou em 1995, uma convenção sobre fan video que começou em 2002 e uma troca de histórias anual entre fandoms que começou em 2003. Criou o software open-source Automated Archive utilizado por muitos arquivos de obras de fãs e ajudou a fundar a OTW em 2007, liderando a Direção desde o começo durante o primeiro período de três anos.

Nikisha Sanders (2011-2014) Nikisha Sanders tem um BA em sociologia e antropologia do Colégio de Earlham, onde foi autora de uma tese sénior sobre a representação do género entre mulheres queer. Trabalhou como ativista para a sensibilização e educação sobre SIDA, lutou pelos direitos da comunidade LGBT a nível local e estadual como membro de equipa na Fairness Campaign e foi membro da direção da coligação de Kentucky de Jobs with Justice. Traz experiência de gestão e contabilidade para fins não lucrativos para a direção e tem um interesse pessoal no alcance às comunidades de fãs de cor. É relativamente nova na fandom online, tendo-se juntado em 2000 como uma leitora ávida de ficção de fãs de Buffy the Vampire Slayer; e tem escrito para várias fandoms de televisão e cinema, incluindo NCIS, Criminal Minds e Harry Potter, desde 2006.

Jenny Scott-Thompson, MA (Cantab) (2012) Jenny Scott-Thompson é consultora de IT e gestão para uma grande firma internacional e tem vários anos de experiência em implementação de sistemas e projetos tecnológicos. Estudou matemática na Universidade de Cambridge e vive no Reino Unido. É uma fã de longa data e programadora de open-source. Ofereceu-se como voluntária para a Dreamwidth antes e durante Open Beta e, durante esse tempo, adquiriu uma maior sensibilização para problemas de diversidade e acessibilidade. Tem sido uma fã desde que aprendeu a ler, estando em várias fandoms de televisão, cinema e ficção com pessoas reais.

Jessica Steiner (2012-2015) Jessica Steiner começou a sua carreira na ficção de fãs quando escreveu o seu primeiro romance sobre Star Trek durante o ensino médio. No final dos anos 90, descobriu que não era a única que fazia algo deste género e entrou no mundo das fandoms, escrevendo primariamente para Gundam Wing e Weiβ Kreuz e continuando a partir daí. Sempre andou pelo meio das fandoms, e já escreveu para mais de 30 fandoms só desde que encontrou um lar no AO3. Atualmente, as suas fandoms principais são Homestuck e Marvel Cinematic Universe. Para além de escrever ficção de fãs, ela passa os seus dias a praticar a lei e a trabalhar na sua carreira como escritora profissional. Juntou-se à OTW em 2012 e participou no Comité de Planeamento Estratégico antes de se juntar à Direção.

Michele Tepper, PhD (2007-2008) Michele Tepper é uma designer de interação e perita em usabilidade, que ajuda companhias a criar software, websites, e dispositivos digitais memoráveis e bem sucedidos.Já publicou ensaios influentes sobre comunidades online e software social, e é a antiga produtora web da revista Lingua Franca. Tem um doutoramento em inglês da Universidade de Michigan. Tepper foi uma das criadoras e designers de buffistas.org, um site construído e gerido por fãs centrado em Buffy the Vampire Slayer. O site tem mais de mil membros e tem estado ativo durante cinco anos.

Alex Tischer (2015-2017), médica veterinária: é uma veterinária certificada em ECC (Emergency and Critical Care – Emergências e Cuidados Intensivos). Cresceu na Alemanha e atualmente vive no Reino Unido. Ainda antes do novo milénio já pertencia a fandoms e já passou por mais do que as que cabem aqui. As mais recentes incluem Rivers of London, Sob Suspeita e Mad Max: Estrada da Fúria. Tem sido membro da OTW praticamente sem interrupções desde 2008, fazendo algum tipo de voluntariado durante esse tempo. Para além de fandoms de média, também acabou no estranho e fantástico mundo dos desportos – nichos que em muitos aspetos se parecem com as fandoms. Quando não está a tratar de animais doentes, Alex pode ser encontrada em pistas de obstáculos, a praticar escalada e a praticar trail running quase tantas vezes como a consumir média.

Rebecca Tushnet, JD (2007-2010) Rebecca Tushnet é professora no Centro de Direito da Universidade de Georgetown. Uma diplomada da Escola de Direito de Yale, foi escrituária do Juíz Presidente Edward R. Becker do Terceiro Circuito do Tribunal de Recurso em Filadélfia e do Juíz do Supremo Tribunal David H. Souter. Praticou lei de propriedade intelectual na Debevoise & Plimpton antes de se juntar à docência da Universidade de Nova Iorque, mudando-se então para Georgetown. O seu trabalho sobre direitos de autor, marcas registadas e liberdade de expressão foi publicado no Yale Law Journal, no UCLA Law Review e no Texas Law Review, e gere um blog sobre lei de propriedade publicitária e intelectual em http://tushnet.blogspot.com. Já aconselhou e representou vários websites de ficção de fãs em disputas com donos de direitos de autor e marcas registadas. Tushnet tem estado ativa na fandom online desde 1996 e já escreveu histórias nas fandoms de X-Files, Buffy e Smallville, entre outras.

Elizabeth Yalkut (2010) Elizabeth Yalkut é uma estudante da Universidade de Columbia na cidade de Nova Iorque. Trabalhou em desenvolvimento, marketing, e estratégia para organizações sem fins lucrativos de direito e teatro, é uma voluntária de longa data da American Civil Liberties Union e trabalha atualmente no departamento de Tecnologias da Educação no Colégio Barnard. Uma das suas fandoms é comida: Yalkut tem um blog sobre comida chamado A Very Uncommon Cook. Yalkut é também tesoureira da Sociedade de Ficção Científica da Universidade Columbia e atualmente adora Merlin, Sarah Connor Chronicles e Pirates of the Caribbean.