Kudos!

Nossa campanha de Outubro de 2016 acabou e todxs nós da OTW (Organização para Obras Transformativas) gostaríamos de agradecer pela sua participação e generosidade. Juntxs arrecadamos US$ 139.159 através de 5518 doações individuais!

Cada participante desta campanha nos ajudou a continuar prosperando como organização, o que significa que nossos projetos e equipes vão continuar crescendo e que poderemos alcançar outros espaços. Sua participação fortaleceu nossa comunidade, nos permitindo servir você melhor.

Nós gostaríamos de estender nossos sinceros agradecimentos aos membros que continuam conosco, os quais possibilitam tudo o que fazemos, e temos orgulho em receber mais de 1200 novos membros da OTW. Somos realmente gratxs a todo mundo que nos apoia, seja através de doações, divulgação, voluntariado ou encorajando nosso trabalho. Dedicamos a vocês os nossos kudos!

Gráfico de crescimento de kudos no AO3, de zero em 2010 para mais de 60 milhões em setembro de 2016.

Gráfico do crescimento para obras e comentários criados em cada ano do AO3, começando com zero em 2008 para mais de 500 mil obras e 9,5 milhões de comentários só neste ano.

(E não se esqueça: embora a campanha tenha acabado, você pode contribuir com a OTW a qualquer momento!)


Esta notícia foi traduzida pela equipe voluntária de tradução da OTW. Para saber mais sobre o nosso trabalho, visite a página da Tradução no site transformativeworks.org.

Newsletter de Julho de 2016, 104ª Edição

I. O JURÍDICO DA OTW DEFENDENDO O FANDOM

Em julho, o Jurídico trabalhou com vários aliados para protocolar um memorial de amicus curiae na Suprema Corte dos Estados Unidos no caso Star Athletica v. Varsity Brands. No memorial, argumentamos que a regulamentação do copyright não deveria ser expandida para incluir design de roupas. O caso trata de uniformes de líderes de torcida, mas há quem defenda que uma possível expansão possa ter um impacto em cosplay. Independentemente do resultado do caso, a OTW (Organização para Obras Transformativas) defende firmemente que cosplay e outras fantasias e construções de fãs ainda serão permitidas por lei, mas o memorial manda uma mensagem importante sobre o valor de criatividade de fãs sobre design industrial e de vestimentas.

Mais cedo esse mês, o Jurídico escreveu sobre as ”novas ”Regras para filmes de fãs” da CBS/Paramount. Como sempre, em julho o Jurídico também respondeu a várias perguntas de fãs, muitas das quais foram a respeito dessas regras, que também foram muito discutidas na San Diego Comic Con, onde a líder do Jurídico Betsy fez uma apresentação em um painel com o título “Estudo Avançado sobre Faculdade de Direito em Histórias em Quadrinhos: Novas Revelações”. O painel discutiu a doutrina do fair use (uso razoável), filmes de fãs, fanart e outros assuntos polêmicos. Também na San Diego Comic Con, a Re:Create Coalition, aliada da OTW, mostrou “Um Dia na Vida do Fair Use: um Tipo Diferente de Superherói na Comic-Con”, mostrando alguns modos que a doutrina do fair use torna eventos como a Comic Con possíveis.

Também chegou ao ápice esse mês um projeto no qual o Jurídico vem trabalhando nos últimos meses, com a ajuda de estudantes da Glushko-Samuelson Intellectual Property Clinic da Faculdade de Direito Washington. Nós peticionamos com sucesso junto à Comissão de Julgamentos e Apelações do Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos para cancelar o registro de marca da palavra “fandom” para serviços de entretenimento. É mais um sucesso dos nossos esforços para combater a apropriação comercial da cultura do fandom!

Leia Mais